sábado, 22 de setembro de 2012

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Feira da Moita 2012

Está passada mais uma edição da Feira da Moita.
Nesta edição o APOSENTO DA MOITA actuou por duas vezes.
Na tarde de 4ª feira (12/09/2012) foram os Juvenis a mostrar as suas qualidades.
Foram solistas José Maria Águas que se fechou à primeira tentativa; O segundo pegador foi o recém "promovido" a cabo Leonardo Matias, que se fechou à segunda tentativa. Fechou Salvador Pinto Coelho à segunda tentativa.

A nocturna de 5ª feira tem sido ao longo dos anos a corrida com maior adesão de público, mas este ano (tal como as restantes corridas) o público andou um pouco afastado. Talvez por culpa da crise, talvez por culpa dos cartazes apresentados, talvez pelo elevado preço dos bilhetes, talvez...talvez...

Tal como eu previa, o público esteve com o grupo desde o entrar para as cortesias, até ao terminar da corrida. Foi arrepiante aquele fortíssimo aplauso aquando da saudação ao director de corrida, como arrepiante foi também a ovação no fim da corrida.

Nesta noite em que tivemos três regressos às arenas (Netinu Wen, Luís Fera e António Peças) foram solistas os seguintes forcados:
- Nuno Inácio que após um emocionado brinde ao pai do forcado Nuno Carvalho "Mata", consumou ao segundo intento a pega a um Passanha de 580Kg.
- Tinha também 580Kg o toiro pegado pelo forcado José Henriques, que à primeira tentativa consumou a sorte, tendo saído combalido.
- A fechar a primeira parte saltou à praça uma das maiores referências do APOSENTO DA MOITA (e arrisco dizer que da forcadagem mundial), Netinu Wen. Frente a 570Kg de touro, não esteve correcto na primeira tentativa, mas à segunda resolveu. A ovação de que foi alvo é a prova de que os aficionados não o esqueceram.
- O quarto da noite pesava 605Kg e foi pegado pelo ex-cabo dos Juvenis do Grupo, José Maria Bettencourt que após brindar aos seus pais executou à primeira tentativa.
- Há quem diga que não há quinto mau...na verdade no quinto da noite, com 615Kg houve sim braços e vontade por parte de Francisco Baltazar, que se fechou ao primeiro intento. Boa ajuda de Rúben Serafim.
- O último e mais pesado (625Kg) estava reservado para o cabo Tiago Ribeiro. Depois de brindar a todos os elementos do grupo (inclusive aos que estavam na bancada), foi determinado e com ganas. Esteve enorme na primeira tentativa, e se as ajudas chegam a tempo seria talvez a pega de uma vida. Resolveu à terceira tentativa.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Os bois pelos nomes!

"No passado dia 30 de Agosto desloquei-me a Lisboa, à praça de touros do Campo Pequeno, para observar “in loco” o meu grupo de forcados a pegar na corrida da RTP.

Fui ao quarto do hotel desejar sorte a todos, ajudar a fazer uns nós de gravata e fiz um pequeno discurso para moralizar, ainda mais, o grupo.
Para pegar o 5º da noite foi o forcado Nuno Mata. Não conseguiu ficar na cara do touro, caiu de costas e num movimento tipo “cambalhota para trás” foi comprimido na região cervical pelo touro e ficou imobilizado na arena…
Quem é médico e foi forcado percebe, imediatamente, que algo de grave se passa… Aquele pescoço, aquela inércia corporal, aquela posição dos braços e das mãos…
Passei pela enfermaria para confirmar que o Nuno ia ser transportado para o Hospital de Santa Maria e fui para lá, esperá-lo.
Conhecia bem os cirurgiões que estavam de urgência, contei a história e permitiram-me que fosse eu a observá-lo: ausência de sensibilidade e força a partir de uma linha horizontal um pouco acima dos mamilos.
Gelei…!!
Balbuciei qualquer coisa quando o Nuno me perguntou se ia ficar sem andar o resto da vida…
E não contive a emoção quando ele, o mais consciente de todos, me disse que queria morrer.
Acompanhei-o à TAC e à RMN, porque ele me pediu para não o deixar sozinho… Nesses exames confirmou-se a enorme gravidade do quadro: a medula parecia não estar seccionada mas estava garantidamente lesada.
Operado na 6ª-f, confirmaram-se os piores receios: um rapaz de vinte e sete anos nunca mais na vida se vai mexer…!
Esta história é, só por si, uma tragédia.
Seja um forcado, um artista de circo ou um motociclista!
A onda de solidariedade tem sido impressionante!
No entanto, essa escumalha que se intitula protectora dos animais tem feito questão de se vangloriar pelo sucedido!
Tenho lido comentários que julgava impossíveis, nos quais só acreditei depois de confirmar pessoalmente, vindos de quem se diz tão moralmente avançado e civilizado!
Acho que os touros, se pudessem, não gostariam de ser defendidos por estes animais!
Penso que todos os toiros que peguei na vida eram mais nobres do que esta gentalha!
Julgo que lhes deveremos responder fisicamente da próxima vez que nos insultarem, como tradicionalmente fazem nos seus “ajuntamentos” à porta das praças! O perigo vem deles, porque nunca houve necessidade da presença de forças de intervenção em praças de touros!
Estou farto dos direitos das minorias! Enjoo quando vejo jovens terem tempo para participarem em manifestações mesquinhas! Rejubilo quando ouço uma deputada dizer que o BE teve menos votantes do que os espectadores televisivos de uma tourada!
Desejo, àqueles que ladraram felizes pelo sucedido ao Nuno, que numa estrada qualquer um touro bravo lhes entre pelo vidro do carro e depois de os cobrir com a sua bosta lhes arranque as cabeças com as suas hastes afiadas!
Eu seria um acérrimo defensor desses animais!!"
 
Texto da autoria de António Peças (forcado do APOSENTO DA MOITA já retirado das arenas) e a quem pedi autorização para aqui o publicar.

(Texto retirado do Blog Estremoz Soeiro)

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

No seguimento do comunicado...

Como foi pedido por muitas pessoas aqui publicamos o IBAN da conta para que seja possível realizar depósitos na conta para ajudar o Forcado Nuno Carvalho, a partir do estrangeiro. IBAN: PT50 0010 0000 48619670 0010 4

GFA Aposento da Moita

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Comunicado do Ap. Moita

Comunicado:
Devido à fatalidade que ocorreu no dia 30 de Agosto de 2012, na praça de toiros do Campo Pequeno, o forcado Nuno Carvalho "Mata", ficou com diversas lesões das quais ainda nao se conhece um relatório médico definitivo.
No entanto o caminho será longo e para que seja possível a sua recuperação e para que possa ter uma vida digna, foi aberta uma conta no banco BPI (nib - 0010 0000 486196

7000104), a qual está aberta de forma a que qualquer cidadão possa contribuir com o seu donativo.
Devido à urgência da situação, a conta não está filiada a nenhuma associação, no entanto esperamos com a maior brevidade poder constituir essa mesma associação de forma a que este projecto de recuperação ganhe formas credíveis e mais eficazes.

Em nome de todo o GFA Aposento da Moita agradecemos mais uma vez todo o apoio que o "Mata" tem recebido.

GFA Aposento da Moita

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Comunicado do cabo Tiago Ribeiro

Relativamente à colhida do Nuno Carvalho, no passado dia 30 de Agosto na Praça de touros do Campo Pequeno, tenho a informar, que o forcado foi internado no Hospital de Santa Maria por traumatismo da coluna cervical.
Após realização dos exames de imagem verificou-se ter de ser operado para fixação e estabilização da coluna, no sentido de reduzir o compromisso neurológico.
Na sequência desta cirurgia ficou internado em cuidados intensivos onde de momento se encontra estável, mas com necessidade de suporte médico vigilante.
Aguarda-se a estabilização do traumatismo da medula espinal para definição do seu compromisso.
Não posso deixar de agradecer a todos os que têm apoiado o Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Moita, assim como a família do Nuno Carvalho.

Uma palavra especial à equipa médica e técnica do Hospital de Santa Maria, na medida em que têm demonstrado um grande profissionalismo e amizade que, consequentemente tem sido um grande suporte para todos nós.
Com todo o respeito que tenho pela comunicação social do nosso país, peço que aguardem as nossas informações e que respeitem o momento de dor da família.
Comprometo-me que, assim que surjam novas notícias da evolução do quadro clínico do Nuno, a informar, através de novo comunicado, a comunicação social e a todos que nos têm demonstrado uma enorme solidariedade, neste momento tão difícil.

O meu muito obrigado,

Tiago Ribeiro
(Cabo do Grupo de Forcados Amadores do Aposento da Moita)

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Almeirim - 1 de Agosto

O APOSENTO DA MOITA apresentou-se em Almeirim com alguns elementos antigos, que num momento tão complicado quiseram estar ao lado dos mais novos.

Para pegar os 3 toiros de Vale Sorraia foram solistas o cabo Tiago Ribeiro que consumou à 2ª tentativa, Francisco Baltazar à 1ª e José Maria Bettencourt à 1ª.

sábado, 1 de setembro de 2012

Cartaz da Corrida de Almeirim


CORRECÇÃO!!!

Apesar da moral estar completamente em baixo, o APOSENTO DA MOITA irá estar em Almeirim para pegar os três toiros que lhe estão destinados, num gesto de homenagem ao forcado Nuno Carvalho.
Na sequência da grave lesão sofrida pelo forcado Nuno Carvalho (paralisação de membros superiores e inferiores) e devido à moral do grupo estar totalmente em baixo, o APOSENTO DA MOITA não irá actuar hoje na Corrida das Vindimas em Almeirim.


Para o Mata...

Quando um ser humano escolhe abraçar a vida de forcado fá-lo por paixão, camaradagem e aficción.

Nunca se medem os riscos, pois a paixão e a vontade de abraçar um toiro falam mais forte do que qualquer outra coisa/voz.

Infelizmente Glória e tragédia andam de mãos dadas quando se pisa a arena, e quis o destino que após tantas tardes e noites de Glória, a tragédia fosse bater à tua porta...
Um valoroso forcado e um super estimado ser humano como tu não merece passar por uma fase tão complicada como esta, mas tu és (sempre foste) cheio de força e de garra.
Serão essa força e essa garra que em conjunto com o apoio daqueles que de ti gostam te vão levar a dar a volta por cima desta adversidade.

Não tenho palavras para descrever o que senti após a notícia dada pelo amigo Vasco Bettencourt, mas talvez esteja algures num misto de revolta, preocupação e angústia.

A prova do quanto adorado és, está na enorme onda de solidariedade, preocupação e desejos de melhoras que se vai alastrando pelos mais variados meios de comunicação.

Não somos amigos de sempre, não somos companheiros de todos os dias, mas fomos companheiros de equipa e contigo passei momentos fantásticos. Momentos esses que hão-de voltar, pois vais dar a volta por cima.

Fica aquela música que algumas vezes te ouvi cantar:
"Eu quero ver esse feeling
Só tu podes dar
Eu quero ter esse feeling
Não deves negar"

Puto, o teu feeling são a tua força e o teu sorriso... Bora lá!!!

Aqui para o que precisares,

João Campos "BãO"


Grândola (26 Agosto) & Campo Pequeno (30 de Agosto)

Com um cartel composto pelos cavaleiros Rui Salvador, Luís Rouxinol e Sónia Matias, Toiros Conde Cabral e Forcados de Coruche e APOSENTO DA MOITA realizou-se no passado dia 26 mais uma corrida de toiros em Grândola.

Os cabos aproveitaram para rodar rapaziada mais nova, e pelo APOSENTO DA MOITA foram solistas Pedro Gonçalves que saiu lesionado após 3 tentativas e foi dobrado por José Maria Bettencourt que na sua primeira tentativa consumou a pega.
Salvador Coelho à primeira e João Ventura também à primeira.



Na noite da passada quinta feira (30 de Agosto) o APOSENTO DA MOITA voltou à praça da capital lisboeta.
Em corrida televisionada, o grupo moitense teve como solistas Nuno Inácio (1ª tentativa), Diogo Gomes (1ª tentativa) e José Henriques que dobrou Nuno Carvalho, que se lesionou na primeira tentativa.

A lesão do forcado Nuno Carvalho foi de extrema gravidade, tendo afectado duas vértebras que o deixam paralisado.

Que hoje em Almeirim o grupo consiga adoptar a força, garra e valentia do lesionado Nuno Carvalho "Mata" e que tudo corra pelo melhor!